ODSlocal - Plataforma Municipal dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável​

A sessão de lançamento pode ser visualizada na janela em baixo ou diretamente em https://www.youtube.com/watch?v=PMZBveioqbQ

Descarregar o programa

Enquadramento

A Agenda 2030 proposta pelas Nações Unidas em 2015, e adotada pela Plataforma ODSlocal, está estruturada segundo Dimensões, Objetivos, Temas, Metas e Indicadores.

Objetivos

A Plataforma ODSlocal, assente numa mobilização abrangente e intensa de decisores e técnicos municipais, agentes locais e cidadãos em relação aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) propostos pelas Nações Unidas na Agenda 2030, visa criar um movimento nacional ODSlocal a que os Municípios queiram aderir, mobilizando os restantes atores públicos e da sociedade civil de forma exponencial e contagiante.​

Envolvendo como parceiros o Conselho Nacional do Ambiente e do Desenvolvimento Sustentável (CNADS), o OBSERVA (Instituto de Ciências Sociais, Universidade de Lisboa), o MARE (Universidade Nova de Lisboa) e a 2adapt, esta iniciativa apoia-se num portal online dinâmico, de base tecnológica, que permite visualizar e monitorizar os contributos e progressos de cada Município em relação aos ODS, com um rigoroso controlo de qualidade da informação e um intenso envolvimento de atores e respetiva capacitação, a par de uma forte aposta numa estratégia de comunicação.

O projeto ODSlocal teve uma fase piloto de cocriação envolvendo as entidades promotoras do projeto e diversos municípios portugueses (Bragança, Cascais, Castelo de Vide, Coruche, Loulé, Seia e Viana do Castelo) em 2018 e 2019. A partir de 2020 abrangerá todos os municípios portugueses com interesse em participar, contando com o apoio da Fundação La Caixa.

Produtos e Serviços

A Plataforma visa dinamizar a criação de um amplo “movimento nacional ODSlocal” com efeitos multiplicadores, que dê destaque aos atores locais e às suas iniciativas, e que promova a criação de uma grande comunidade de atores comprometidos com os ODS a vários níveis:

  • Utilização da Plataforma ODSlocal (e a sua permanente atualização e evolução) enquanto instrumento de monitorização de indicadores e de mobilização de decisores e técnicos municipais, agentes locais e cidadãos para o desenvolvimento de ações no terreno que contribuam para a concretização dos ODS nos municípios portugueses até 2030;
  • Execução de um plano de capacitação dos vários agentes de sustentabilidade local, incluindo:​
    1. Ações de sensibilização de autarcas, técnicos e atores-chave dos municípios;​​
    2. Ações de capacitação metodológica e temática por regiões;​​
    3. Sessões colaborativas para técnicos e atores-chave locais, a realizar em cada uma das Comunidades Intermunicipais (CIM), visando capacitar para os ODS, para a participação ativa na Plataforma ODSlocal, e dando visibilidade aos projetos locais de sustentabilidade em curso;
    4. Criação de Conselhos Locais de Acompanhamento por CIM, que funcionarão como ferramentas de consolidação de metodologias e ideias;​
    5. Capacitação de uma rede nacional de formadores sobre ODS e Agenda 2030, que atuará como agente multiplicador no terreno;
    6. Concretização de workshops de balanço anual por regiões, que permitirão disseminar os resultados obtidos e ilustrar a replicabilidade da Plataforma ODSlocal.​​
  • Realização de um ciclo de eventos composto por uma conferência anual de âmbito nacional de grande projeção mediática e cinco workshops de âmbito regional;​
  • Criação do prémio ODSlocal, destinado a incentivar e destacar:​
    1. Boas práticas dos municípios;​
    2. Práticas de referência da sociedade civil;​
    3. Parcerias que mobilizem vários atores, incluindo empresas, para a prossecução dos ODS.​
  • Atribuição do Selo ODSlocal, que distingue:​
    1. Municípios com trajetórias dinâmicas positivas;​
    2. Municípios com desempenhos de topo;​
  • Implementação de uma estratégia de comunicação, visando a eficácia da intervenção e a geração de um movimento nacional que abarque, de forma consistente, os ODS ao nível local e resultará em diversos meios de comunicação como relatórios, vídeos e infografias.​

Metodologia

A Plataforma ODSlocal visa monitorizar a evolução dos Municípios em relação às várias metas dos ODS através de indicadores de progresso construídos a partir de informação de bases de dados nacionais e dos próprios Municípios. Pretende, ainda, mapear as práticas inovadoras e sustentáveis que tanto as autarquias como a sociedade civil e as empresas estão a implementar, e medir o seu impacto.

Entidades Participantes

Promotores

CNADS
OBSERVA
MARE
2adapt

Alto Patrocínio

Presidência da República

Colaboração Institucional 

INE
DGT

Apoio Institucional

DGEG
APA
ICNF

Autarquias participantes na fase piloto

Bragança
Cascais
Castelo de Vide
Coruche
Loulé
Seia
Viana do Castelo

Apoio

Fundação La Caixa

Subscreva a nossa newsletter

Receba as nossas novidades e participe na mudança.

© 2020 2adapt